Internacional

Covid-19 já fez mais de quatro milhões de vítimas mortais em todo o mundo

OMS calcula que balanço real poderá ser duas a três vezes superior ao oficial.


A pandemia é responsável por mais de quatro milhões de mortes associadas à covid-19. O último balanço da agência France Presse dá conta de 4.004.996 vítimas mortais, até às 11h em Lisboa, em todo o mundo.

Em relação aos contágios, mais de 185.020.840 casos de infeção do coronavírus foram confirmados oficialmente desde dezembro de 2019.

Os Estados Unidos são o país mais afetado em termos absolutos de mortes e de casos, com 606.218 mortes em 33.770.459 casos, de acordo com a contagem realizada pela Universidade Johns Hopkins.

Segue-se o Brasil, com 528.540 mortos e 18.909.037 infetados, a Índia, com 405.028 mortes (30.709.557 casos), o México, com 234.192 óbitos (2.558.369 casos) e o Peru, com 193.743 óbitos (2.071.637 infetados), este último apresenta o maior número de mortes em relação à sua população, com 588 mortes por cada 100 mil habitantes.

Sublinhe-se que os valores reais podem ser ainda mais negros. A Organização Mundial de Saúde calcula, tendo em conta o excesso de mortalidade ligada direta e indiretamente à covid-19, que o balanço da pandemia poderá ser duas a três vezes superior ao registado oficialmente.