Sociedade

PJ desmantela rede de tráfico de haxixe por via marítima

A autoridade deteve dois portugueses e cinco estrangeiros, com idades entre os 24 e os 46 anos, nesta operação. 


Sete homens – dois portugueses e cinco estrangeiros - foram detidos, em flagrante, pela Polícia Judiciária (PJ) por fortes suspeitas de pertencerem a uma organização criminosa dedicada ao grande tráfico de droga na Europa.

A Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes, em colaboração com o Departamento Central da Investigação e Ação Penal (DIAP) e a Unidade de Controlo Costeiro da GNR, desenvolveu uma operação nos últimos dias, na qual foram apreendidas de mais de duas toneladas de haxixe, que durante a noite de sábado para domingo foram transportadas por via marítima até um porto de pesca do litoral alentejano, explicou a PJ em comunicado divulgado esta segunda-feira.

“Para além da droga, procedeu-se ainda à apreensão de quatro viaturas automóveis e diversos outros objetos e documentos relacionados com as atividades ilícitas em investigação”, apontou a autoridade.

Os detidos, com idades compreendidas entre os 24 e os 46 anos, serão presentes à autoridade judiciária competente para o conhecimento das medidas de coação tidas por adequadas.