Sociedade

Comunidade une-se para 'salvar' mural dedicado a Rashford vandalizado após falha nos penáltis da final do Euro’2020

No mural, desenhado na parede de um café em Manchester para homenagear o jogador, de 23 anos, pelo seu trabalho na luta da erradicação da pobreza infantil, lia-se: “que se lixe o Rashford”.


Um mural dedicado a Marcus Rashford – um dos três jogadores que falharam as grandes penalidades na final do Euro’2020, do qual Itália saiu vitoriosa – foi vandalizado após o fim da partida.

No mural, desenhado na parede de um café em Manchester para homenagear o jogador, de 23 anos, pelo seu trabalho na luta da erradicação da pobreza infantil, lia-se: "que se lixe o Rashford".

No entanto, a comunidade local – que, em novembro passado, se uniu para erguer o mural – rapidamente escondeu a mensagem insultuosa.

Durante as primeiras horas da manhã, o insulto foi escondido com sacos do lixo pretos. Depois, uma mulher colou vários corações nos sacos com palavras inspiradoras para o jogador, tais como “Herói” e “Exemplo”.

Mais tarde, várias pessoas dirigiram-se ao local para colocar mensagens de apoio ao jogador do Manchester United.

De realçar que Marcus Rashford, Jadon Sancho e Bukayo Saka foram vítimas de comentários nas redes sociais por falharem as grandes penalidades no desempate contra Itália.