Vida

Fatos de banho e biquínis de fita adesiva? A ideia é ousada, mas real

Conhecido como ‘King of Tape’ (O rei da fita), Joel Alvarez fundou o Black Tape Project.


Fatos de banho e biquínis feitos a partir de fita adesiva? A ideia ousada é de Joel Alvarez, um estilista norte-americano, com origem cubana, que provou, mais uma vez, que esta era concretizável com um desfile na passarela da Miami Swim Week.

Conhecido como ‘King of Tape’ (O rei da fita), Joel Alvarez fundou o Black Tape Project. No sábado, no Faena Forum, em Miami Beach, várias modelos desfilaram com os trabalhos desenvolvidos pelo empresário, que mostravam fatos de banho com fitas para todos os gostos: desde coloridas, a espelhadas ou metálicas.

De acordo com o site oficial do projeto, no qual o estilista especifica que usa apenas “fita adesiva para o corpo”, é explicado que a ideia surgiu quando Alvarez trabalhava como fotógrafo de moda, em 2008, com uma modelo que sugeriu que fosse utilizada fita adesiva para um último look.

A ideia ‘pegou moda’ e agora o estilista disponibilizou a oportunidade de qualquer um utilizar as suas fitas. Quem quiser experimentar os designs criados e publicados por Alvarez, frequentemente partilhados nas redes sociais onde tem mais de meio milhão de seguidores, precisa apenas de comprar as fitas, que vão desde 9,99 dólares, poucos mais de oito euros, a 29,99 dólares, cerca de 25 euros.

“Você viu-nos nas redes sociais e nas notícias. Agora é sua vez de libertar a criatividade com a nossa fita para corpo”, destaca o site, que diz ainda que a fita é segura e “não deixa nenhum resíduo adesivo na pele”.