Sociedade

Existem 476 surtos ativos em Portugal Continental

DGS revela ao jornal i que do total de surto ativos, 18 são em lares de idosos.


Portugal registava, na segunda-feira, 476 surtos ativos no continente, dos quais 18 eram em lares de idosos (ERPI) e dois em instituições de saúde, segundo dados da DGS enviados ao jornal i.

“Estes dados contrastam drasticamente com o máximo de surtos ativos registados em fevereiro de 2021, quando chegaram a existir em Portugal continental 921 surtos ativos”, sublinharam as autoridades de saúde.

A Autoridade Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo é a que reporta maior número de surtos ativos com 350, segue-se a do Norte com 46, a do Algarve com 31, a do Centro com 25 e, por último, a do Alentejo com 24.