Sociedade

Efemérides de 14 de julho

A Tomada da Bastilha, em que os cidadãos de Paris se revoltaram e assaltaram a prisão, libertando os presos políticos, começando a queda do Antigo Regime, há 232 anos, é dada como data da Revolução Francesa e o Dia Nacional de França.


1789 A Tomada da Bastilha, em que os cidadãos de Paris se revoltaram e assaltaram a prisão, libertando os presos políticos, começando a queda do Antigo Regime, há 232 anos, é dada como data da Revolução Francesa e o Dia Nacional de França.

1795 A Marselhesa, marcha militar e heroica de Claude-Joseph Rouget de L'Isle, passou há 226 anos a hino nacional da França.

1889 A II Internacional seria criada em Paris, no Congresso Internacional Operário em que participaram 20 países, por iniciativa de Engels, há 132 anos, adoptando a social-democracia, e vindo a durar até 1916, ao substituir a I Internacional (1864-70, dirigida por Karl Marx) – surgindo a III Internacional, ou Comintern, a seguir à I Guerra, em 1919 (já com prevalência dos vitoriosos comunistas russos).

1933 Mal chagado democraticamente ao Poder na Alemanha, há 88 anos, Adolfo Hitler, com os seus nazis, ilegalizou os restantes partidos políticos.

1974 António de Spínola (1910-96), então Presidente da República (de Maio a Setembro de 1974), indigitou há 47 anos o general Vasco Gonçalves (1922-2005) que, apoiado pelo PCP, chefiou 4 Executivos provisórios (até Setembro de 1975, vindo a cair completamente só no 25 de Novembro desse ano).

2015 O serviço de urgências do Hospital do Barreiro recusou há 6 anos atender uma mulher de 64, que caiu a cerca de 15 metros da entrada da unidade de saúde e só a atendeu uma hora depois e após alguém ter chamado o 112.

2018 As mensagens trocadas entre elementos da Juventude Leonina revelaram planos para agredir jogadores em Alvalade e no aeroporto de Lisboa há 3 anos, não tendo acontecido os ataques apenas porque o grupo teve medo da Polícia.

2021 Celebra-se hoje um pouco por todo o mundo (desde a Alemanha a Madagáscar, passando pela China e pelo Tirol) o Dia do Pandemónio, com festas caóticas, que vai buscar as suas origens a John Milton (em que é referido num poema).