Desporto

Divulgados novos áudios de Florentino Pérez a atacar CR7 e Mourinho: "Anormais"

Conhecidas novas conversas do presidente do Real Madrid. 


Florentino Pérez está no centro das atenções, depois de o El Confidencial ter divulgado áudios do líder do Real Madrid, alegadamente de 2006. Após arrasar Iker Casillas e Raúl, jogador que mais vezes vestiu a camisola do clube, agora sabe-se que também Cristiano Ronaldo e Mourinho foram alvo das críticas do presidente do Real Madrid em 2012, ano em que ambos estavam no clube espanhol.

"O Cristiano está louco. Esse rapaz é um imbecil e um doente. Vocês acham que ele é normal, mas não é verdade, caso contrário não fazia as coisas que faz", começou por dizer.

"O [Jorge] Mendes não manda no Cristiano, tal como não mando no Mourinho. Zero. Até nas entrevistas. Estes dois tipos têm um ego terrível, são mal-educados os dois e não conseguem ver a realidade, porque ambos podiam ganhar muito mais dinheiro. São os dois anormais, porque estamos a falar de muito dinheiro em direitos de imagem. Além disso, com aquela cara que têm, com aquele olhar desafiante, iriam cair mal em todo o mundo... E na publicidade funciona tudo ao contrário", rematou.

Ontem, depois dos primeiros áudios ser divulgados, Florentino Pérez disse que as palavras foram "tiradas de um amplo contexto" e que tudo isto aconteceu por ser "um dos promotores da Superliga Europeia".

De acordo com o presidente do Real Madrid, "as frases reproduzidas foram pronunciadas em conversas gravadas clandestinamente por José Antonio Abellán, que há muitos anos tenta vendê-las, sem sucesso". "Surpreende-me agora que, apesar do tempo que passou, o El Confidencial lhes pegue", disse. Note-se que José Antonio Abellán é jornalista e autor do livro ‘Assalto ao Real Madrid’.

Segundo Pérez, que nas conversas acusou as lendas do Real Madrid se serem "fraudes", o caso já está "nas mãos dos advogados".