Internacional

Autores de comentários racistas após final do Euro2020 podem vir a ser banidos dos estádios

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, admitiu que o governo está “a tomar medidas práticas para garantir que o regime de proibição de entrada no estádio seja alterado para incluir insultos racistas online”.


Os adeptos que proferiram comentários racistas contra Marcus Rashford, Jadon Sancho e Bukayo Saka – os três jogadores da seleção de Inglaterra que falharam grandes penalidades na final do Euro’2020 contra Itália – podem vir a ser banidos dos estádios, anunciou, esta quarta-feira, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson.

“Condeno veementemente os insultos racistas que testemunhámos na noite de domingo. Estamos a tomar medidas práticas para garantir que o regime de proibição de entrada no estádio seja alterado para incluir insultos racistas online. Não podem existir desculpas", disse.

O líder britânico reuniu-se, na terça-feira, com representantes das redes sociais a que os adeptos recorrem para insultar os jogadores após derrotas desportivas.  “Agora teremos oportunidade de responsabilizar essas empresas e impor-lhes multas, caso seja necessário”, acrescentou.