Sociedade

Mulher não consegue ser vacinada porque alguém tomou a vacina em seu nome

Foi aberto um inquérito e o caso foi denunciado à Polícia Judiciária.  


Uma mulher, residente em Elvas, não consegue ser vacinada porque alguém agendou e tomou a vacina em seu nome.

Segundo a SIC Notícias, o caso já está a ser investigado, mas até haver uma conclusão não há forma de desbloquear a situação.

A Unidade Local De Saúde Do Norte Alentejano (ULSNA) confirmou, ao canal de televisão, que a primeira dose foi, de facto, administrada a alguém.

A situação foi então denunciada, tendo os factos sido participados à Polícia Judiciária, além de ter sido aberto um processo interno de averiguações.