Internacional

Morreu o jornalista de investigação holandês baleado na cabeça em Amesterdão

Tinha 64 anos.


Morreu Peter R. de Vries, o jornalista de investigação baleado na cabeça nas ruas de Amesterdão, no passado dia 6 de julho. Tinha 64 anos.

"Peter lutou até ao fim, mas não foi capaz de vencer esta batalha. Peter viveu de acordo com as suas convicções: de joelhos não há maneira de se ser livre. Estamos incrivelmente orgulhosos dele e, ao mesmo tempo, inconsoláveis", lê-se num comunicado da família publicado pela emissora RTL, onde de Vries trabalhava.

Até ao momento, duas pessoas foram detidas: um homem holandês, de 21 anos, e um polaco, de 25, residente nos Países Baixos.