Politica

Ministro diz que Sporting não colaborou no inquérito dos festejos do título

Cabrita aponta o dedo à CML e ao Sporting e iliba a PSP de quaisquer responsabilidades nos festejos.


O ministro da Administração Interna acusou, esta sexta-feira, o Sporting de falta de cooperação no inquérito da Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) aos festejos do campeonato.

Em declarações à imprensa sobre as conclusões do inquérito, Eduardo Cabrita fez questão de sublinhar a "ausência de cooperação" do clube de Alvalade na investigação à festa do título, levada a cabo pela IGAI.

"O Sporting não respondeu a qualquer pedido de esclarecimento", acusou o ministro, sublinhando, no entanto, que todas as outras entidades chamadas a colaborar o fizeram.

O ministro ilibou a PSP de quaisquer responsabilidades, apontando antes o dedo à Câmara Municipal de Lisboa e ao Sporting, que definiram o modelo de festejos do título.

Cabrita salientou ainda que a PSP "não autorizou os festejos" e que apresentou propostas para “modelos distintos” que não foram aceites.

Para o ministro, existiu uma "utilização abusiva da figura do direito à manifestação", consagrado na Constituição.