Sociedade

Parlamento rejeita audição de Eduardo Cabrita sobre festejos do Sporting

Requerimentos apresentados pelo PSD e CDS-PP foram rejeitados com o voto contra do PS e a abstenção do PCP. PSD, CDS, BE e PAN votaram favoravelmente.


Os requerimentos apresentados pelo PSD e CDS-PP a pedir uma audição, com caráter de urgência, do ministro da Administração Interna, Eduarda Cabrita, por causa do relatório da Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) sobre os festejos do Sporting foram rejeitados esta terça-feira.

Os pedidos foram a votos na Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, tendo sido rejeitados com voto contra do PS, já o PCP absteve-se. PSD, CDS-PP, BE e PAN votaram favoravelmente.

Na segunda-feira, PSD acusou o ministro de tresler o relatório e de se ter desresponsabilizado dos incidentes na noite em que o Sporting foi campeão nacional de futebol.

Já o CDS-PP queria que Eduardo Cabrita esclarecesse, no Parlamento, as “várias contradições” do relatório, sublinhado que “há muito por explicar”.