Sociedade

Estrangeiros impregnaram cocaína em peças de roupa para traficar para Lisboa

No momento da detenção, os detidos tinham na sua posse cocaína suficiente para a composição de pelo menos 9.400 doses individuais daquele estupefaciente.


Dois cidadãos estrangeiros foram detidos, nos últimos dias, pela Polícia Judiciária (PJ), pela “forte suspeita da prática do crime de tráfico de estupefacientes”.

Em comunicado, esta terça-feira divulgado, a PJ explica que “a detenção dos suspeitos ocorreu no âmbito de investigação em curso, iniciada na sequência de troca de informação com congénere estrangeira no quadro da atividade que é desenvolvida, tendo em vista prevenir e reprimir a introdução de produtos estupefacientes em território nacional e no espaço europeu”.

Os detidos tinham na sua posse cocaína suficiente para a composição de pelo menos 9.400 doses individuais daquele estupefaciente. Um deles tinha transportado até Lisboa, por via aérea, cocaína impregnada em peças de roupa, “o que implicou a intervenção do Laboratório de Polícia Científica, na extração do estupefaciente”.

Os arguidos, de 34 e 36 anos de idade, foram presentes à autoridade judiciária competente para aplicação de medidas de coação, ficando ambos em prisão preventiva.

“A investigação prossegue”, acrescenta a PJ.