Sociedade

Homem que atropelou três pessoas em Reguengos de Monsaraz indiciado em dois crimes de homicídio qualificado

Após o primeiro interrogatório, o homem foi encaminhado para o Estabelecimento Prisional de Beja, ficando em prisão preventiva. 


O homem que atropelou três pessoas em Reguengos de Monsaraz, na passada sexta-feira, foi "indiciado de dois crimes de homicídio qualificado na forma tentada", revelou o seu advogado. 

O representante do detido, Fábio Palhas, também indicou à agência Lusa que o Tribunal de Instrução Criminal (TIC) de Évora, após o primeiro interrogatório, determinou a prisão preventiva do homem, que se entregou à Polícia Judiciária na quarta-feira, tendo sido levado para o Estabelecimento Prisional de Beja. 

Um outro homem também envolvido nos desacatos junto à esplanada de um bar ficou sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência.

O episódio de violência, gravado e publicado nas redes sociais, ocorreu perante a presença de militares da Guarda Nacional Republicana (GNR), cuja inação foi bastante criticada. A GNR esclareceu que será instaurado um processo de averiguações para apuramento de eventual responsabilidade disciplinar relativamente à atuação dos militares.

[notícia corrigida, o nome do advogado surgia, por lapso, como sendo o do condutor, por esse motivo pedimos desculpas aos leitores e ao visado]