Sociedade

Morreu António Norton de Matos, fundador do CDS-PP. Tinha 86 anos

"Foi um homem generoso e de fortes convições", sublinha o partido. 


O fundador do CDS-PP e deputado à Assembleia Constituinte, António Norton de Matos, morreu, esta quinta-feira, aos 86 anos. "Foi um homem generoso e de fortes convições", diz o partido. 

"Nascido a 15 de fevereiro de 1935, em Lisboa", o icónico dirigente formou-se em engenharia química e foi “fundador do CDS e Deputado na Assembleia Constituinte, eleito pelo círculo eleitoral de Viana do Castelo, tendo sido diretor do jornal do CDS Democracia 76", indica o partido numa publicação partilhada no Facebook, assinalando que o lado corajoso do líder que "foi detido no cerco do Palácio de Cristal e votou contra a Constituição de 1976".

O seu desempenho também se reflete para além da política. António Norton de Matos “desenvolveu extensa atividade profissional em diversas empresas nacionais, como administrador, e destacou-se também por integrar a equipa que liderou a Expo 98", aponta o CDS-PP.

Já nos últimos anos de vida, o político dedicou-se a atividade agrícola na propriedade da sua família, em Moreira do Lima, destaca o partido.

"Pai de quatro filhos, António Norton de Matos era um homem bom, de caráter doce e de fortes convicções. Deixa uma profunda saudade e um exemplo em todos aqueles que com ele privaram", sublinha a direção do CDS-PP.