Internacional

Sobe para dois o número de mortos numa explosão na Alemanha

Há ainda cinco pessoas desaparecidas e 31 feridas, três das quais em estado grave.


Uma explosão em Leverkusen, no oeste da Alemanha, numa unidade de tratamento de resíduos químicos, provocou duas mortes esta terça-feira. Segundo o mais recente balanço das autoridades alemãs, há ainda cinco pessoas desaparecidas e 31 feridas, três das quais em estado grave.

"Os meus pensamentos vão para os feridos e suas famílias. A busca das pessoas desaparecidas prossegue a toda a velocidade. Infelizmente, a esperança de as encontrar vivas está a diminuir visivelmente", declarou Lars Friedrich, diretor do complexo Chempark, onde ocorreu o acidente esta manhã.

Os mais de trinta feridos são trabalhadores da unidade industrial.

Segundo Friedrich, três dos reservatórios "ficaram completa ou parcialmente destruídos", o que dificulta a possibilidade de perceber onde ocorreu exatamente a explosão.

Segundo a imprensa alemã, a explosão foi ouvida a 40 quilómetros de distância e o incêndio, que sucedeu, demorou várias horas a ser extinto.

Durante a tarde, a população foi aconselhada a “ir para divisões fechadas, desligar o ar condicionado e, por precaução, manter as janelas e as portas fechadas” por causa da libertação de fumo.