Sociedade

Homem desaparecido no rio Mondego encontrado com vida

O homem foi encontrado às 8h30, “com os sinais vitais normais”, pouco tempo depois de a GNR ter recomeçado as buscas, perto à ponte de Casais, em Coimbra, junto à margem do rio Mondego.


O homem de 41 anos que estava desaparecido na zona do rio Mondego foi encontrado, esta quarta-feira de manhã, com vida. Segundo a Guarda Nacional Republicana (GNR), o então desaparecido não explicou os motivos para o sucedido.

O homem foi encontrado às 8h30, “com os sinais vitais normais”, pouco tempo depois de a GNR ter recomeçado as buscas, perto à ponte de Casais, em Coimbra, junto à margem do rio Mondego.

Agora, será observado no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, informou o comandante de Destacamento Territorial da GNR de Coimbra, Rui Silva, à agência Lusa.

O comandante acredita que o homem esteve dentro de água, uma vez que quando foi detetado, a sua roupa estava “meio húmida”.

Rui Silva, ao tentar apurar os motivos para o sucedido, indicou que o homem não explicou o levou a desaparecer durante mais de 24 horas.

Os mergulhadores dos bombeiros iniciaram as buscas, na terça-feira de manhã, na margem direita do Mondego, perto do Centro Hípico de Coimbra, sítio onde foi encontrado, na noite de segunda-feira, o carro do homem de 41 anos, com a porta aberta.

De acordo com o chefe da Unidade de Mergulhadores da Companhia de Bombeiros Sapadores de Coimbra (CBSC), Rui Pereira, o homem “já é reincidente” em desaparecimentos.