Sociedade

Proposta de caução apresentada por Luís Filipe Vieira terá sido recusada

Defesa de Vieira disse que ainda não tinha sido notificada da decisão.


Carlos Alexandre recusou a proposta de caução apresentada, na semana passada, por Luís Filipe Vieira, avança o Público, que cita fonte do Tribunal Central de Instrução Criminal.

Segundo aquele jornal, o juiz terá considerado que os bens apresentados pelo ex-presidente do Benfica não eram suficientes para garantir a caução de três milhões de euros, decretada no âmbito do processo conhecido como Operação Cartão Vermelho.

Em causa estarão as ações do Benfica que Vieira, que detém 3,28% da SAD, apresentou para pagar a caução.

Na base da decisão de Carlos Alexandre, segundo a mesma publicação, está a volatilidade do valor das ações do Benfica, devido ao interesse, mais do que público, do norte-americano John Textor em comprar cerca de 25% da SAD benfiquista.

Na sequência da notícia, Magalhães e Silva, confrontado por vários órgãos de informação, disse, no entanto, não ter sido notificado da decisão.