Sociedade

Governo pode começar o "discurso de transição da pandemia para o pós-pandemia"

Marcelo Rebelo de Sousa enalteceu o processo de vacinação em Portugal, que "tem avançado muitíssimo bem" e considerou que há "condições" para o Governo começar o "discurso de transição da pandemia para o pós-pandemia".


O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou, esta quarta-feira, que o Governo pode começar o “discurso de transição da pandemia para o pós-pandemia”.

Em entrevista ao programa Circulatura do Quadrado, da TVI24, o chefe de Estado enalteceu o processo de vacinação em Portugal, que “tem avançado muitíssimo bem” e considerou que “há condições” para o Governo começar o “discurso de transição da pandemia para o pós-pandemia”.

"Sanitariamente, a vacinação tem avançado muitíssimo bem. A realidade tem acompanhado a vacinação, sem grande pressão sobre o SNS, com uma estabilização tendencial de número de mortos, portanto, eu diria que em condições de o Governo poder, amanhã e depois, abrir caminho para aquilo que todos nós necessitamos, que é o discurso de transição da pandemia para o pós pandemia", disse.

"O Governo vai definir um novo discurso, que não pode ser o do medo", acrescentou.

Sobre a situação social, Marcelo admite que "as medidas tomadas pelo Governo e algumas tomadas pelo Parlamento aguentaram o tecido social, mas são medidas transitórias e provisórias".

"Há uma crise social, leia-se aumento da pobreza, aumento de desigualdades, ou visível ou latente ou subjacente, que a meu ver é a realidade mais preocupante a médio prazo", sublinhou.

De realçar que realiza-se amanhã mais um Conselho de Ministros, onde irão ser discutidos os próximos passos do plano de desconfinamento em Portugal.