Internacional

UNESCO alerta Reino Unido

A UNESCO voltou a alertar o Reino Unido para a possibilidade de ‘continuar a perder o status de património mundial’.


Marcos culturais do Reino Unido, como a famoso Stonehenge (estrutura formada por círculos concêntricos de pedras, que chegam a ter 5 metros de altura e a pesar quase 50 toneladas), localizada no condado de Wiltshire, podem perder o seu estatuto de património mundial, a menos que o Governo restrinja o «desenvolvimento imprudente» e proteja os locais históricos para as gerações futuras, advertiu Mechtild Rössler, diretor do Centro do Património Mundial da Unesco. Rössler já havia exortado os ministros a «fazerem tudo que pudessem para conservar os tesouros do Reino Unido, depois de Liverpool se ter tornado o terceiro lugar em quase 50 anos a perder o seu título». O diretor frisou que o Reino Unido devia ser mais consciente «do valor internacional de lugares como Stonehenge antes de propor projetos potencialmente prejudiciais». «Estes são os lugares mais notáveis ​que temos na Terra. Se não formos capazes de protegê-los, para mim a questão é: o que restará neste planeta?», questionou.

O aviso veio antes de um julgamento crucial do tribunal superior sobre a possibilidade de construção de um túnel de duas milhas sob Stonehenge. Caso o projeto siga para a frente, o famoso círculo de pedra de Wiltshire deve ser colocado na lista de «em perigo» da Unesco – o que seria outro golpe humilhante para a Grã-Bretanha.