Sociedade

Mulher de 40 anos detida por violar confinamento obrigatório em Santa Maria da Feira

Já na segunda-feira, a mesma autoridade tinha comunicado a detenção de uma cidadã de 41 anos pelo mesmo crime também no concelho de Santa Maria da Feira.


Uma mulher, de 40 anos, foi detida na terça-feira por violação do confinamento obrigatório a que estava sujeita, no âmbito da pandemia de covid-19, no concelho de Santa Maria da Feira, distrito de Aveiro. 

Em comunicado, esta terça-feira divulgado, a Guarda Nacional Republicana (GNR) revela que a detenção surgiu na “sequência de uma ação de verificação das medidas de confinamento obrigatório decretadas pela autoridade de saúde”.

Ao chegarem à residência da cidadã, os militares “verificaram que a mesma se tinha ausentado”, tendo sido detida no decorrer da ação.

A detida foi constituída arguida, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Santa Maria da Feira.

Já na segunda-feira, a mesma autoridade tinha comunicado a detenção de uma cidadã de 41 anos pelo mesmo crime também no concelho de Santa Maria da Feira.

Na nota, “a GNR recorda que ficam em confinamento obrigatório, em estabelecimento de saúde, no respetivo domicílio ou noutro local definido pelas autoridades de saúde todos os doentes com covid-19, os infetados com SARS-CoV-2, e os cidadãos relativamente a quem a autoridade de saúde ou outros profissionais de saúde tenham determinado vigilância ativa” e que “a violação do confinamento obrigatório constitui crime de desobediência”.