Economia

Restauração. AHRESP apela à baixa do IVA junto dos grupos parlamentares

Associação defende que a medida “reforçaria a tesouraria das empresas e seria uma forma de revitalizar esta atividade económica”.


Numa altura em que se aproxima a discussão para o Orçamento do Estado para 2022, a Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) apelou aos grupos parlamentares para que coloquem na sua agenda a discussão e a defesa da redução do IVA nos serviços de alimentação e bebidas para a taxa reduzida (6% no Continente, 5% na R.A. da Madeira e 4% na R.A. dos Açores).

No entender da associação, esta seria uma “medida que, como é reconhecido, reforçaria a tesouraria das empresas e seria uma forma de revitalizar esta atividade económica, que tem sido das mais penalizadas pela situação pandémica que ainda se vive”.

A associação relembra ainda que, desde o início da pandemia que tem vindo a defender esta proposta, que até está inserida no seu Plano “Enfrentar a pandemia │Garantir a sobrevivência”, que compreende 10 medidas em seis áreas de intervenção “absolutamente nucleares e determinantes para a sobrevivência das empresas, para que possam iniciar uma recuperação e uma retoma, logo que a situação pandémica o permita”, lê-se na nota divulgada esta quinta-feira.