Sociedade

Juiz Carlos Alexandre aceita nova proposta de caução de Luís Filipe Vieira

A decisão surge cerca de uma semana após o juiz ter recusado a primeira proposta apresentada por Luís Filipe Vieira, que incluía ações no clube e mais 400 mil euros.


O juiz Carlos Alexandre aceitou, esta quinta-feira, a nova proposta de Luís Filipe Vieira para o pagamento da caução de três milhões de euros, no âmbito da Operação Cartão Vermelho, avança a SIC Notícias.

O ex-presidente do Benfica irá pagar a caução através de imóveis de sociedades detidas em nome dos dois filhos – 2,8 milhões de euros – e os restantes 200 mil em dinheiro.

A decisão surge cerca de uma semana após o juiz ter recusado a primeira proposta apresentada por Luís Filipe Vieira, que incluía ações no clube e mais 400 mil euros, por considerar que os bens não eram suficientes para garantir a caução exigida.

Recorde-se que o juiz de instrução Carlos Alexandre decidiu decretar prisão domiciliária, sem pulseira eletrónica nem vigilância policial, a Luís Filipe Vieira, até que este pague três milhões de euros de caução para ficar em liberdade. Além disso, Vieira foi obrigado a entregar o passaporte para evitar uma fuga do país e está proibido de contactar qualquer elemento da SAD do Benfica e todos os arguidos na operação, exceto o seu filho Tiago Vieira.