Internacional

Rotura em tubagem de oxigénio de hospital russo faz nove vítimas mortais

Foi aberta uma investigação ao incidente. 


Uma rotura na tubagem de fornecimento de oxigénio num hospital em Vladikavkaz, na república russa da Ossétia do Norte, esta segunda-feira, provocou a morte de, pelo menos, nove pessoas que estava internadas devido à covid-19.

De acordo com as autoridades locais, os pacientes que morreram encontrava-se em estado grave ou muito grave numa Unidade de Cuidados Intensivos (UCI). No total, nessa UCI estavam internadas 71 pessoas.

"Nove pacientes com coronavírus morreram devido à falta de oxigénio no hospital de Vladikavkaz. Hoje houve um colapso no sistema de oxigénio", disse o ministro da Saúde, citado pelas agências de notícias russas.

O sucedido ocorreu devido a uma a avaria na tubagem subterrânea, que impediu a bombagem de oxigénio.

Foi aberta uma investigação para apurar as causas do incidente