Desporto

Atleta olímpica morre aos 24 anos após partilhar desabafo sobre pressão da competição

Circunstâncias da morte estão a ser investigadas. 


Morreu, esta segunda-feira, aos 24 anos, a ciclista neozelandesa Olivia Podmore. A informação foi confirmada pelo irmão da atleta, que participou nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, através das redes sociais.

"Descansa em paz minha querida irmã e amada filha de Phil Podmore. Estarás nos nossos corações para sempre", escreveu Mitchel Podmore no Facebook.

Olivia Podmore foi encontrada sem vida em casa, estando ainda a ser investigadas as causas da morte.

A atleta, que não se conseguiu qualificar para os Jogos Olímpicos de Tóquio, que terminaram este domingo, tinha feito uma publicação no Instagram, entretanto apagada, sobre a pressão que enfrentam os atletas de alto rendimento.

"O desporto é um escape surpreendente para muita gente, é um sacrifício, é uma luta, mas é uma grande alegria", escreveu a ciclista, pouco tempo antes da sua morte.

"A sensação quando se ganha é diferente de qualquer outra coisa, mas a sensação quando se perde, quando não se é selecionado mesmo quando se qualifica, quando se está lesionado, quando não se satisfazem as expectativas da sociedade como ter uma casa, um casamento, filhos, tudo porque [se está] a tentar dar tudo ao desporto é também diferente de qualquer outra coisa", acrescentou.