Sociedade

PSD de Boticas apresenta queixa na GNR por vandalização de cartaz de campanha

Sociais-democratas consideram que o ato é um “exemplo claro de falta de civismo e de cultura democrática, levado a cabo por cobardes que encobertos pela noite procuram, de uma forma fútil e sub-reptícia denegrir a imagem” do autarca.


A comissão política do PSD de Boticas, no distrito de Vila Real, revelou, esta terça-feira, que apresentou uma queixa na Guarda Nacional Republicana (GNR) por vandalização de um outdoor no qual surge o atual presidente e recandidato da autarquia, Fernando Queiroga.

Em comunicado, os sociais-democratas dizem “condenar e repudiar veementemente o ato de vandalismo perpetrado contra o outdoor do candidato do PSD à Câmara Municipal, Fernando Queiroga, situado na Carreira da Lebre” e afirmam que o ato é um “exemplo claro de falta de civismo e de cultura democrática, levado a cabo por cobardes que encobertos pela noite procuram, de uma forma fútil e sub-reptícia denegrir a imagem” do autarca.  

Segundo a nota, “o Mandatário de Lista do PSD Boticas já apresentou queixa na GNR de Boticas” e aguarda-se “de forma serena, que o autor(es) deste ato voluntário de vandalismo seja(m) encontrado(s) e devidamente responsabilizado(s), pelas instâncias judiciais”.

Fernando Queiroga, do PSD, é um dos quatro candidatos à presidência da Câmara de Boticas, liderada pelos sociais-democratas desde 1976. Além de Queiroga, fazem parte da corrida o independente Xavier Barreto, Maria João Rodrigues do Chega e José Miguel Rodrigues da CDU.