Desporto

Diretor de comunicação do FC Porto suspenso por 45 dias

Este é o terceiro castigo aplicado a Francisco J. Marques no espaço de duas semanas.


O diretor de comunicação do Futebol Clube do Porto, Francisco J. Marques, foi, esta quarta-feira, castigado a 45 dias de suspensão e a uma multa de 7.650 euros pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Em causa estão declarações, proferidas em março deste ano, sobre a arbitragem do jogo Chaves – FC Porto B, da II Liga.

"O golo do Chaves e o golo mal anulado ao FC Porto B. Não são os adversários que têm tirado pontos à nossa equipa B, têm sido os árbitros, jogo após jogo. Só não vê quem não quiser ver", escreveu, na altura, nas redes sociais.

Este é o terceiro castigo aplicado a Francisco J. Marques no espaço de duas semanas. O diretor acumula agora 163 dias de suspensões, após ter sido suspenso por 73 dias por críticas à arbitragem de um jogo entre o Sporting de Braga e Benfica e por 45 dias por declarações sobre o árbitro do jogo da primeira mão da Taça de Portugal entre o FC Porto e o Sporting de Braga.