Sociedade

Drone de vigilância de incêndios rurais sofre acidente em Beja

A aeronave não tripulada “sofreu danos estruturais”, mas não se registaram "danos pessoais ou materiais em terceiros".


Um drone da Força Aérea sofreu um acidente, na quarta-feira, durante uma missão operacional de vigilância e deteção de incêndios rurais.

Segundo um comunicado do Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA), esta quinta-feira divulgado, o drone estava a operar a partir da Base Aérea N.º11, em Beja, tendo descolado pelas 18h30 de quarta-feira numa missão operacional de vigilância e deteção de incêndios rurais. Às 20h07 envolveu-se num acidente durante a recuperação para a aterragem, numa área não habitada, a oito quilómetros a sudoeste da base.

A aeronave não tripulada “sofreu danos estruturais”, mas não se registaram "danos pessoais ou materiais em terceiros".

De acordo com o EMGFA, "as circunstâncias em que o acidente ocorreu já estão sob investigação e, até ao apuramento das suas causas, as operações com estes 'drones' estão suspensas nas outras Bases de Operação".

"Nesta altura de maior risco, serão empenhadas aeronaves tripuladas para a realização das missões de vigilância e deteção de incêndios rurais", acrescenta a nota.