Sociedade

Estado de alerta para risco de incêndio prolongado até quarta-feira em 14 distritos

Sem haver fim às atuais condições meteorológicas, o estado de alerta foi prolongado mais dois dias do que teria sido determinado pelo Governo.


Com a continuação das atuais condições meteorológicas, o estado de alerta para o risco de incêndios irá prolongar-se em 14 distritos até ao dia 18 de agosto, anunciou o Governo.

Os distritos abrangidos por este alerta são: Beja, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Faro, Guarda, Leiria, Lisboa, Portalegre, Santarém, Setúbal, Vila Real e Viseu.

A primeira declaração, assinada pelos Ministros da Defesa Nacional, da Administração Interna, do Ambiente e da Ação Climática e da Agricultura, determinava o período de alerta entre as 12h de 13 de agosto até às 23h59 desta segunda-feira. Agora, este período foi atualizado para terminar dia 18 de agosto, quarta-feira, indicou o Governo em comunicado.

“Face ao risco de incêndio previsto pelo IPMA em muitos concelhos do continente nos próximos dias”, o executivo indica várias medidas de prevenção que a população deve seguir, como proibição de queimadas, de circulação em espaços florestais, da realização de trabalhos com qualquer tipo de maquinaria em espaços florestais e da utilização de fogo-de-artifício ou “outros artefactos pirotécnicos”.