Cultura

Morreu Brian Travers, saxofonista e fundador dos UB40

O músico faleceu depois de uma longa batalha contra um cancro que o impediu de prosseguir a sua carreira na música.


O saxofonista e compositor dos UB40, Brian Travers, morreu este domingo, dia 22, na sua casa, em Moseley, no Reino Unido, na sequência de uma longa batalha contra um cancro.

O fundador do grupo formado em 1978, influenciado por sons da pop ocidental e do reggae, despediu-se do mundo aos 62 anos, rodeado pela família.

A confirmação da sua morte surgiu através de um comunicado emitido pela banda britânica: “É com grande tristeza que anunciamos a morte do nosso camarada, irmão, membro fundador dos UB40 e lenda musical Brian David Travers. Brian faleceu ontem à noite depois de uma longa e heroica batalha contra o cancro”.

Travers esteve diretamente ligado à formação da banda em 1978 com os irmãos Ali (voz e guitarra) e Robin Campbell (guitarra), Earl Falconer (baixo), Mickey Virtue (teclados), Jim Brown (bateria) e Norman Hassan (percussão).

Através de êxitos como “Red Red Wine” e “(I Can’t Help) Falling in Love With You”, os UB40 popularizaram ritmos jamaicanos entre os ingleses brancos de classe operária, agregando um forte caráter político-social. No total, venderam mais de 100 milhões de cópias e tiveram mais de 40 temas no top 40 britânico.

Travers esteve ligado aos UB40 - que roubaram o seu nome de um formulário do fundo de desemprego, designado por Unemployment Benefit 40 (Benifício de Desemprego) - até dezembro de 2019, quando atuou pela última vez com o grupo, num concerto na atual Utilita Arena Birmingham.

Mas já nesse ano, o músico enfrentava problemas de saúde: em março de 2019, falhou a celebração do aniversário da banda, depois de ter tido uma convulsão em casa. Após este episódio foi diagnosticado que o saxofonista tinha dois tumores no cérebro. 

A formação da banda permaneceu praticamente intocada durante trinta anos, desde a sua constituição, em 1978, até janeiro de 2008, quando Ali Campbell deixou a banda. Este ano, o seu substituto, o vocalista Duncan Campbell, anunciou que também ia abandonar a sua carreira igualmente devido a problemas de saúde.