Internacional

Operação Arca. Ex-fuzileiro vai resgatar 140 cães e 60 gatos que tinha no seu abrigo em Cabul

Pen já tinha recebido a autorização por parte do governo britânico para resgatar um total de 68 funcionários e dependentes, contudo este resgate não incluía os animais.


Um ex-fuzileiro naval britânico está a lutar para retirar de Cabul dezenas de pessoas e ainda centenas de animais do abrigo onde trabalhava. Primeiro foi aceite o pedido de resgate das pessoas, porém Paul Farthing não desistiu de salvaguardar os animais.

Após trabalhar no exército britânico no Afeganistão, Paul, conhecido por Pen, fundou em 2007 o abrigo para animais Nowzad, em Cabul, onde se encontram 140 cães e 60 gatos.

Pen já tinha recebido a autorização por parte do governo britânico para resgatar um total de 68 funcionários e dependentes, segundo diz o jornal The Guardian, contudo este resgate não incluía os animais.

Para o secretário da Defesa, Ben Wallace, os animais teriam de ficar em segundo plano, uma vez que o Reino Unido está a dar prioridade às pessoas nos voos da Força Aérea Real.

A intenção de Paul Farthing - um plano chamado de Operação Arca - era transportar os animais que ficariam no porão do avião e que, quando a sua equipa ficasse acomodada a bordo, todos os assentos extras no avião seriam ocupados por outras pessoas autorizadas pelas autoridades britânicas, visto que os seus voos têm a capacidade de levar 250 passageiros no total.

Graças a doações de apoiantes da sua instituição, Paul irá receber um Airbus A330 que estará disponível para voar até Cabul para resgatar os trabalhadores e os animais.

Ben Wallace já anunciou no Twitter que o ex-fuzileiro vai contar com a ajuda das autoridades britânicas para este resgate.