Sociedade

Queda de andaime provoca um ferido grave e três ligeiros em Arcos de Valdevez

Os homens estavam a trabalhar numa obra de restauro de um pórtico do Santuário de Nossa Senhora da Peneda, quando o andaime cedeu. 


Um andaime instalado no Santuário da Peneda, na Gavieira, em Arcos de Valdevez caiu e provocou ferimentos em quatro trabalhadores, um dos quais ficou em estado grave e foi encaminhado para o hospital de Braga.

Os homens estavam a trabalhar numa obra de restauro de um pórtico do Santuário de Nossa Senhora da Peneda, quando o andaime, da empresa Montaluga, de Ovar, cedeu, levando os quatro trabalhadores a cair de uma altura de entre seis e sete metros, afirmou o comandante dos Bombeiros de Arcos de Valdevez, Filipe Guimarães, à agência Lusa.

O trabalhador em pior estado de saúde foi transportado ao hospital de Braga com acompanhamento da Viatura de Emergência Médica (VMER) naquela unidade e da ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) de Melgaço, referiu o comandante. Já os três que sofreram ferimentos ligeiros foram levados ao hospital de Santa Luzia em Viana do Castelo.

O acidente de trabalho ocorreu às 15h34 e já foi comunicado à Autoridade para as Condições de Trabalho. Ainda são desconhecidas as idades dos feridos e as causas do sucedido.

De acordo com uma fonte da Diocese de Viana do Castelo disse à agência de notícias, a obra de restauro do pórtico junto ao escadório e de um cruzeiro do santuário é da responsabilidade da Confraria de Nossa Senhora da Peneda, que "garantiu terem sido tomadas todas as medidas para proteger os trabalhadores".

A intervenção está a ser realizada devido às Festas de Nossa Senhora da Peneda que irão começar no dia 31 de agosto até 08 de setembro.

No local, estiveram 12 operacionais dos bombeiros de Arcos de Valdevez, com duas ambulâncias, os bombeiros de Melgaço, com outras duas ambulâncias, a VMER de Braga e as SIV de Arcos de Valdevez e de Melgaço.