Internacional

Número de soldados norte-americanos que perderam a vida em ataques em Cabul sobe para 13. Morreram mais de 90 civis

Militar que tinha ficado ferido acabou por não resistir.


Subiu para 13 o número de militares norte-americanos que perderam a vida nos ataques bombistas desta quinta-feira em Cabul.

Segundo o porta-voz do Comando Central dos Estados Unidos, o major Bill Urban, morreu um dos 15 militares que tinham ficado feridos nas explosões. "Um décimo terceiro soldado dos EUA morreu de ferimentos sofridos no ataque", indicou, acrescentando ainda que também o número de militares feridos subiu para 18.

Recorde-se que o balanço inicial dos EUA apontava para 12 soldados mortos e 15 feridos.

Além disso, os ataques, já reivindicados pelo Estado Islâmico, provocaram a morte de dezenas de afegãos e mais de uma centenas de feridos. De acordo com o mais recente balanço oficial do Ministério da Saúde afegão, há a lamentar a morte de mais de 90 civis e mais de 150 feridos - o último balanço era de pelo menos 60 mortes e 140 feridos.

Notícia atualizada pelas 08h34