Internacional

Pentágono diz que não houve uma segunda explosão em Cabul

As notícias veiculadas na quinta-feira davam conta de uma primeira explosão numa das entradas do Aeroporto Internacional Hamid Karzai e de outra num ou perto de um hotel nas proximidades.


O Pentágono afirmou, esta sexta-feira, que acredita que houve apenas uma explosão nas imediações do aeroporto de Cabul, no Afeganistão. Recorde-se que as notícias veiculadas na quinta-feira davam conta de uma primeira explosão numa das entradas do Aeroporto Internacional Hamid Karzai e de outra num ou perto de um hotel nas proximidades.

"Posso confirmar que não acreditamos que houve uma segunda explosão perto ou no Hotel Baron, foi apenas um bombista suicida", anunciou o General William Hank Taylor em conferência de imprensa.

"Não temos a certeza como é que esta informação nos chegou, mas sabemos que não é surpreendente que na confusão de eventos muito dinâmicos como este pode fazer com a informação, às vezes, seja mal passada ou incompleta", acrescentou.

O General anunciou ainda que “dois voos aterraram” na Alemanha com alguns dos militares norte-americanos feridos na explosão para receberem tratamentos médicos.