Sociedade

Detido suspeito de atear dois incêndios em Viseu, um deles em 2018

Atuação do suspeito colocou em perigo a integridade física e a vida de pessoas, bem como habitações.


A Polícia Judiciária (PJ) deteve, este sábado, um homem, de 47 anos, suspeito de dois crimes de incêndio florestal, no concelho de Viseu,

Segundo revela a autoridade, em comunicado, o incêndio mais recente ocorreu ontem, dia 27 de agosto, por volta da 01h00, e o outro no dia 7 de outubro de 2018, pelas 23h30. Ambos os incêndios foram ateados numa freguesia no concelho de Viseu.

“O suspeito, com uso de chama direta, ateou os incêndios na floresta, em zona povoada com mato, pinheiro bravo e eucalipto, com continuidade vertical e horizontal, confinante com a zona urbana, com áreas ardidas de cerca de 0,1 ha e 20 ha, respetivamente, que teriam proporções mais gravosas caso não tivesse havido uma rápida intervenção dos meios de combate”, lê-se.

De acordo com a PJ, a atuação do suspeito colocou em perigo a integridade física e a vida de pessoas, habitações e a grande mancha florestal.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial e foi-lhe aplicada a medida de coação de prisão preventiva, enquanto aguarda a execução do internamento preventivo decretado em hospital psiquiátrico ou outro estabelecimento análogo adequado.