Internacional

EUA lançam 'rocket' em Cabul devido a "ameaça credível" e causou a morte de criança

Segundo a agência Reuters e o The New York Times, o ataque foi realizado pelos EUA. 


Uma explosão provocada por um ‘rocket’ matou uma criança, este domingo à tarde, em Cabul. O incidente aconteceu três dias depois de um ataque no aeroporto no Afeganistão. Segundo a agência Reuters e o The New York Times, o ataque foi realizado pelos EUA. 

Segundo a agência de notícias Associated Press (AP), um foguete atingiu uma casa num bairro a noroeste do aeroporto e causou a morte de uma criança. Não houve ainda a reivindicação do ataque por qualquer grupo extremista.

Porém, a agência Reuters disse que o ataque aéreo terá sido realizado pelos norte-americanos, que tinham como objetivo travar um possível carro-bomba suicída, supostos militantes do ISIS-K, que iria atacar novamente o aeroporto. 

"Os Estados Unidos realizaram um ataque em Cabul, disseram duas autoridades americanas à Reuters, citando informações iniciais", escreveu o correspondente da agência na rede social Twitter. 

Nas redes sociais, estão a ser publicados vídeos nos quais é possível ver uma grande nuvém de fumo após a explosão.

Este incidente acontece três dias depois do ataque no aeroporto de Cabul, reivindicado pelo Estado Islâmico de Khorasan (ISKP, na sigla em inglês). O presidente dos EUA, Joe Biden já disse e voltou a repetir que um novo ataque iminente era "muito provável".