Vida

Adam Levine defende Olivia Rodrigo após acusações de plágio. "Devíamos ter mais compaixão"

A posição de Levine surgiu um dia após Hayley Williams e Joshua Farro, dos Paramore, terem sido adicionados como autores do hit da cantora ‘Good 4 U’ devido às semelhanças com a sua música ‘Misery Business’.


Adam Levine, vocalista dos Maroon 5, saiu em defesa de Olivia Rodrigo após as acusações de que a cantora teria copiado músicas de outros artistas e afirma que Rodrigo é “merecedora do benefício da dúvida”.

A posição de Levine surgiu um dia após Hayley Williams e Joshua Farro, dos Paramore, terem sido adicionados como autores do hit da cantora ‘Good 4 U’ devido às semelhanças com a sua música ‘Misery Business’.

“Há sempre um drama com a Olivia Rodrigo. Agora é com as músicas de Elvis Costello e dos Paramore, que dizem que são parecidas às dela. Olha, são coisas complicadas, quem escreve músicas sabe que tu te inspiras, fazes um mix da canção, lanças e depois há um processo. É uma coisa natural de acontecer. Às vezes fica feio, às vezes é preciso ir a tribunal, às vezes não é preciso ir a tribunal. Acho que se tornou numa área cinzenta”, afirmou o cantor no Instagram, dando como exemplo o caso de ‘Blurred Lines’ de Robin Thicke, em que a família de Marvin Gaye recebeu uma indemnização milionária após um tribunal ter dado como provado que a música tinha sido plagiada.

“Sem dar uma opinião sobre o que eu penso desse caso [Robin Thicke], penso que devíamos tratar este com um bocadinho de mais compaixão e compreensão”, acrescentou.

A jovem cantora Olivia Rodrigo, de 18 anos, lançou o seu primeiro álbum ‘Sour’ em maio deste ano, após o sucesso do single ‘Drivers License’.