Desporto

Jovem revela no depoimento que Rúben Semedo a embebedou e forçou a ter relações sexuais

De acordo com um jornal grego, a jovem foi sujeita a testes médicos e que a mãe já entregou às autoridades das roupas que usou na madrugada de sábado. O Olympiacos, clube onde o português joga, já reagiu ao caso. 


O jogador Rúben Semedo foi detido pela polícia grega, após ter sido acusado de ter, alegadamente, violado uma menor de idade. A jovem de 17 anos já fez o seu depoimento e afirma ter sido violada pelo internacional português e por outro homem de 40 anos.

De acordo com a notícia avançada pelo jornal Dikastikoreportaz, a alegada vítima prestou o seu depoimento na Sala de Exame de Justiça Juvenil da Sub-direção de Proteção de Menores, onde revelou que terá sido embebedada pelo jogador do Olympiacos e que o mesmo e outro suspeito se aproveitaram o estado da vítima para fazer o crime.

"Por ter consumido uma grande quantidade de álcool, fui para um dos quartos da casa [de Rúben Semedo] e adormeci. Pouco depois, o segundo homem [o suspeito de 40 anos] entrou e, aproveitando-se da minha situação, obrigou-me a ter relações sexuais... Pouco depois de sair, o Semedo entrou na mesma sala, trancou a porta e obrigou-me a ter relações sexuais", declarou a jovem, citada pelo mesmo jornal grego.  

A alegada vítima também falou de uma testemunha: uma amiga, de 16 anos, com quem a jovem de 17 anos esteve antes de seguir para casa de Rúben Semedo.

Segundo o Dikastikoreportaz, a jovem foi sujeita a testes médicos e a mãe já entregou as roupas usadas pela filha na madrugada de sábado às autoridades. A polícia grega tem nas suas mãos o telemóvel da alegada vítima.

O advogado de Rúben Semedo disse, segundo a agência EFE, que o “cliente nega a acusação”, ao referir que o jogador acreditava que a rapariga tinha 19 anos e que irá apresentar provas para reverter a acusação infundada.

O Oympiacos, equipa onde o português joga, já reagiu ao caso, ao afirmar que “respeita plena e indiscriminadamente a presunção de inocência de cada acusado, o que inclui o direito de contestar a acusação. Enquanto o processo penal relativo ao futebolista Rúben Semedo estiver pendente, [o clube] não tomará qualquer posição", pode ler-se no comunicado divulgado no site oficial do clube.