Internacional

Influencer norte-americana estrangulada até à morte por stalker que se suicidou de seguida

Principal suspeito foi também encontrado morto na residência da vítima.


Uma influencer norte-americana, com quase três milhões de seguidores no Instagram, foi encontrada morta na sua casa, no estado do Texas, no domingo, num caso que está a ser tratado com um homicídio, seguido do suicídio do principal suspeito do crime.

Segundo a imprensa norte-americana, Mercedes Morr, cujo nome verdadeiro era Jenae Gagnier, de 33 anos, foi estrangulada e terá sofrido um traumatismo craniano. Na casa da vítima foi ainda encontrado morto um homem, Kevin Accorto, de 34 anos, com vários golpes de um objeto cortante.

A morte de Gagnier foi considerada homicídio, enquanto a de Accorto foi considerada suicídio.

“Neste ponto da investigação, não se acredita que houvesse uma relação entre o suspeito e a vítima”, disse o porta-voz da polícia de Richmond, o tenente Lowell Neinast, num comunicado citado pelo New York Post.

Quando a polícia encontrou os corpos indicou que havia sinais de a entrada na residência da vítima ter sido forçada. Entretanto, a irmã da vítima alegou que o suspeito a estaria a perseguir há algum tempo.
 
“Ela não foi roubada. Era apenas um stalker [perseguidor] de outro estado que a estava a perseguir”, escreveu nas redes sociais.

Documentos policiais indicam que Kevin Accorto vivia na Flórida, não estando claro há quanto tempo estaria, alegadamente, a perseguir Gagnier.

As autoridades continuam a investigar o caso para descobrir a motivação do crime.

Além de milhões de seguidores no Instagram, a vítima tinha ainda uma conta no OnlyFans - uma espécie de rede social onde podem ser partilhadas fotografias e vídeos eróticos em troca de um valor monetário.