Sociedade

GNR deteta 30 infrações por campismo e caravanismo ilegal em Quarteira

As ações realizaram-se “em locais junto às praias do Forte Novo, do Almargem, do Trafal e de Loulé Velho”.


A Guarda Nacional Republicana (GNR), através do Subdestacamento Territorial de Quarteira, detetou 30 infrações durante uma operação de fiscalização direcionada ao caravanismo e campismo ilegal, realizada na terça-feira no concelho de Quarteira.

As ações realizaram-se “em locais junto às praias do Forte Novo, do Almargem, do Trafal e de Loulé Velho” e das 30 infrações, 16 foram referentes a campismo selvagem e autocaravanismo em locais não permitidos e 14 ao Regulamento de Sinalização de Trânsito, segundo um comunicado da GNR, esta quarta-feira divulgado.

A força de segurança lembra que “o campismo e caravanismo ilegal ou irregular pode conduzir a uma ocupação excessiva e desordenada de espaços públicos, zonas costeiras e áreas classificadas por autocaravanas e similares, com consequências negativas na paisagem, no ambiente, no ordenamento do território e na saúde pública”.

“A Guarda irá continuar a sensibilizar os caravanistas e campistas para adotarem um comportamento mais responsável e amigo do ambiente”, acrescenta.