Sociedade

Programa Renda Acessível atribuiu 116 habitações e recebeu mais de 5 mil candidaturas

A grande maioria das casas – 91 – localiza-se na freguesia de Alvalade. Houve ainda nove casas atribuídas em Santa Maria Maior, oito em Marvila, três no Lumiar e duas na Misericórdia.


O sétimo concurso do Programa Renda Acessível da Câmara Municipal de Lisboa (CML) recebeu um total de 5.012 candidaturas e atribuiu 116 habitações, anunciou, esta quinta-feira, o município.

De acordo com um comunicado, foram atribuídos sete casas de tipologia T0, oito T1, 91 T2, cinco T3 e T4.

A grande maioria das casas – 91 – localiza-se na freguesia de Alvalade. Houve ainda nove casas atribuídas em Santa Maria Maior, oito em Marvila, três no Lumiar e duas na Misericórdia.

“Os candidatos com casa afeta na sequência deste concurso serão notificados pelos serviços municipais para entrega de documentos, de forma a se proceder à assinatura de contrato e à entrega de chave.”, acrescenta a nota.

O próximo concurso abre a 6 de setembro, tendo por objeto 126 casas de construção própria da CML, em Entrecampos.

Os comentários estão desactivados.