Sociedade

Detido presumível autor do incêndio que deflagrou ontem em Tomar

O incêndio chegou a ser combatido por mais de uma centena de operacionais e vários meios aéreos.


A Polícia Judiciária (PJ) deteve o presumível autor do incêndio que deflagrou durante a tarde de ontem na localidade de Alviobeira, em Tomar.

Em comunicado, esta sexta-feira divulgado, a PJ revela que o detido, um homem de 53 anos, “é suspeito de ter ateado três focos de incêndio, com recurso a chama direta, que lavraram numa área densamente povoada com eucaliptos e nas proximidades de áreas urbanas, obrigando à intervenção de diversas corporações de bombeiros e outros meios de combate”.

O detido irá ser presente às autoridades judiciárias competentes para realização de primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação tidas por convenientes.

Sublinhe-se que o alerta para o fogo foi dado pelas 16h52 de quinta-feira. O incêndio chegou a ser combatido por mais de uma centena de operacionais e vários meios aéreos e só foi dado como dominado pelas 21h46.