Sociedade

Cidadão português internado com covid-19 no México pede ajuda

O homem, residente na Marinha Grande, contraiu o vírus durante a lua-de-mel.


Um cidadão português, de 32 anos, está internado com covid-19 no México e apelou, esta sexta-feira, a ajuda para os “cuidados e medicação caríssimos”. O apelo foi lançado por amigos do homem e a situação foi confirmada pela presidente da Câmara da Marinha Grande, onde reside, à agência Lusa.

De acordo com o apelo lançado nas redes sociais, Vasco Santos estava de lua-de-mel no México, mas “o que era suposto ser de sonho está a ser um pesadelo”.

“O Vasco está internado com covid-19, em estado considerado grave e a precisar de cuidados e medicação caríssimos”, lê-se na mensagem.

À agência Lusa, a autarca da Marinha Grande, Cidália Ferreira, confirmou que tem conhecimento da situação e afirma que contactou de imediato a Embaixada do México, o Ministério dos Negócios Estrangeiros e a Secretaria de Estado das Comunidades.

"A embaixada disse-me que iriam contactar a associação de portugueses no México para que os ajudem a dar informação sobre o Vasco e a perceber o que se passa no hospital", contou.

Já fonte do Ministério dos Negócios Estrangeiros disse à agência de notícias que a tutela, "através da Embaixada de Portugal no México, está a acompanhar a situação, de que teve conhecimento hoje, e em contacto com a família, procurando prestar todo o apoio consular possível no âmbito das suas competências".