Sociedade

Surto de covid-19 entre equipa de nadadores-salvadores deixa cinco praias em Sines sem vigilância

Foram detetados sete infetados. 


Um surto de covid-19 na equipa de nadadores-salvadores deixou cinco praias do concelho de Sines, em Setúbal, sem vigilância. 

Foram detetados "sete casos de covid-19", até ao momento, nos elementos da equipa de nadadores-salvadores da associação Resgate, responsável pela assistência aos banhistas durante a época balnear, obrigando à retirada de todos os operacionais daquelas praias, afirmou o coordenador da associação Resgate, António Mestre, à agência Lusa. 

Segundo o responsável, a autoridade de saúde local pediu aos sete infetados e aos contactos de alto risco - um total de 28 nadadores-salvadores - para fazerem quarentena e isolamento. 

Com a ausência do "contingente de nadadores-salvadores para garantir a segurança" dos banhistas, as praias da Vieirinha/Vale Figueiros, Morgavel, Grande de Porto Covo, Ilha do Pessegueiro e Samoqueira estão "sem vigilância".