Politica

Candidato do PS chama "panasca" a concorrente do PSD

Um candidato das listas socialistas à Câmara de Vila Real de Santo António fez um comentário homofóbico dirigido a Luís Gomes, cabeça de lista do PSD, e antigo autarca deste concelho.


A temperatura aqueceu na corrida autárquica em Vila Real de Santo António, onde Paulo Karussa, candidato das listas do PS à autarquia algarvia, partiu para as redes sociais para insultar Luís Gomes, cabeça de lista do PSD à autarquia, definindo-o como “panasca”. “Nunca me deu nada nem lhe pedi”, seguiu o candidato das listas socialistas, que, depois da polémica, emitiu um comunicado a assumir a responsabilidade pelo comentário. “Reconheço que desta vez excedi-me num comentário que fiz pelo que lamento o sucedido”, diz o socialista, antes de assumir “a responsabilidade do mesmo”. “Em nada este comentário representa a conduta democrática da candidatura que defendo”, concluiu Karussa.

Em resposta à polémica, o PSD concelhio emitiu também um comunicado, a exigir “à candidatura do Partido Socialista, liderada por Álvaro Araújo, uma tomada de posição pública sobre esta atitude e a retirada imediata do autor deste crime das suas listas às próximas eleições autárquicas”. Os social-democratas repudiaram “veementemente esta atitude homofóbica”, considerando que este tipo de comentários “atentam contra o bom nome do candidato Luís Gomes e põem em causa os valores democráticos da igualdade e da tolerância que o PSD defende e sempre defendeu”.

O comunicado do PSD é longo, e recorda que “a homofobia é um crime grave e deve ser denunciado às autoridades competentes, de forma a responsabilizar os autores e defender as liberdades e garantias de um estado de direito democrático”.

O próprio candidato do PSD, no entanto, preferiu abster-se de comentar a situação. Luís Gomes, através da sua página do Facebook, simplesmente referiu que “depois de uma prolongada reflexão” decidiu “não fazer qualquer comentário aos ataques” de que tem “vindo a ser objeto”. “Cada um tirará as devidas ilações. Agradeço a todos que me escreveram com mensagens de solidariedade e amizade”, concluiu o mesmo.

Até à hora de fecho desta edição, nem o candidato socialista Álvaro Araújo, nem o próprio PS de Vila Real de Santo António, reagiram à polémica em questão.