Politica

Costa anuncia luto nacional de três dias pela morte de Jorge Sampaio

“O Governo curva-se na memória de alguém que foi um lutador pela liberdade”, afirmou António Costa.


O primeiro-ministro já reagiu à morte do antigo Presidente da República Jorge Sampaio e anunciou três dias de luto nacional, período que começara no sábado e terminará na segunda-feira. O funeral terá honras de Estado, tendo já sido decretadas pelo Conselho de Ministros.

António Costa começou por dirigir, a partir do Palácio de São Bento, uma palavra “de tristeza e de pena” à família, amigos e ao PS.

“O Governo curva-se na memória de alguém que foi um lutador pela liberdade, pela democracia e que tanto prestigiou com a sua verticalidade ética a nossa vida política”, acrescentou o primeiro-ministro.

Costa fez questão de destacar o “sentido cívico” que teve no exercício das suas funções, “desde a luta estudantil, à plataforma internacional que criou para os refugiados sírios”.

Veja aqui a declaração na íntegra