Cultura

Banda desenhada do Homem-Aranha bate recorde de leilão por 3,6 milhões de dólares

Uma cópia da estreia de Peter Parker em Amazing Fantasy # 15 sobrevoou o Homem de Aço atingindo o preço mais alto já pago por uma banda desenhada. 


O Super-Homem pode ter uma força sobre-humana e uma visão de raio-X, mas nem com isso conseguiu continuar à frente do Homem-Aranha na corrida dos leilões. A história de quadrinhos com a primeira aparição de Spidey ultrapassou o recorde do Homem de Aço, tornando-se no livro mais caro de banda desenhada já vendido. 

Trata-se de uma cópia da história em quadrinhos Amazing Fantasy # 15 de 1962, na qual Peter Parker e seu alter ego Homem-Aranha se estreiam. O livro foi vendido na quinta-feira, 8 de setembro, na Heritage Auctions (casa de leilões multinacional americana com sede em Dallas, Texas) por 3,6 milhões de dólares, o equivalente a três milhões de euros.  

O recorde de venda de quadrinhos já havia sido detido pela primeira aparição de Superman na Action Comics # 1, que foi vendida por 3,25 milhões de dólares, o equivalente a 2,75 milhões de euros, em abril.

A história da Marvel, que custou apenas 12 centavos, o equivalente a 10 cêntimos, quando foi publicada, apresenta a história da origem do Homem-Aranha, contada por Stan Lee e desenhada por Steve Ditko, enquanto Peter Parker ganha os seus poderes após ser picado por uma aranha radioativa. 

A capa de Jack Kirby, mostra Spidey a entrar em ação entre as torres de Nova Iorque. 

A Heritage Auctions disse que a cópia de Amazing Fantasy # 15 estava “intocada”.

Segundo a casa de leilões, esta é uma das únicas quatro cópias que se conhece. “Haverá livro melhor para quebrar o recorde do que a estreia do personagem mais amado da Marvel?”, interrogou o vice-presidente da Heritage Leilões, Lon Allen.