Sociedade

"Nós já ganhámos a este vírus", diz Gouveia e Melo

Vice-almirante mostra-se satisfeito com taxa de vacinação.


O coordenador da task-force da vacinação em Portugal afirmou, esta quarta-feira, que o país saiu vitorioso da primeira batalha contra o SARS-CoV-2.

"Nós já ganhámos a este vírus, pelo menos, a primeira batalha está ganha e isso é um grande alívio para todos nós", disse o vice-almirante Henrique Gouveia e Melo em Viseu, na cerimónia de abertura da Escola Secundária Alves Martins, onde estudou com 15 anos.

O responsável justificou a declaração com o facto de a incidência estar a cair “apesar do estado de desconfinamento", ou seja já depois do período de férias e da presença de estrangeiros.

"O processo de vacinação venceu o vírus e agora temos de começar a aprender a reganhar a nossa liberdade e a nossa vida. É isso que temos de fazer, claro que com alguns cuidados. Temos de ser inteligentes, também não podemos ser descuidados", afirmou.

Gouveia e Melo mostrou-se satisfeito com o resultado do plano de vacinação, prestes a atingir "os 86% das primeiras doses", sendo que "normalmente um mês depois atinge-se o mesmo em termos de segunda dose ou vacinação completa".

"O processo de vacinação ajudou-nos imenso nisto e nós estamos verdadeiramente satisfeitos, enquanto comunidade, devemos estar verdadeiramente satisfeitos connosco próprios, porque foi uma pequena taxa de pessoas negacionistas que fez com que chegássemos a este processo, com esta taxa imensa de vacinação completa", sublinhou.