Internacional

Mataram mais de 1.400 golfinhos num só dia nas Ilhas Faroé

Caça de golfinhos no território é atividade legal e considerada uma tradição.


No domingo, durante a tradicional caça de golfinhos nas Ilhas Faroé, território autónomo da Dinamarca, foram abatidos mais de 1.400 destes mamíferos.

Sublinhe-se que a prática, que consiste em encurralar os animais com ajuda de barcos para depois serem mortos por pescadores, é legal e e já ocorre há muito tempo, sendo considerada uma tradição, reconhecida pelo governo. 

Um porta-voz do governo afirmou, à France Press, que a captura de golfinhos é "um espetáculo dramático para pessoas pouco habituadas à caça" e sublinhou que as caçadas são "bem organizadas e totalmente regulamentadas". 

No entanto, este ano o número de animais abatidos ultrapassa em muito a média de 2020, por exemplo, terão sido mortos 600 golfinhos, enquanto em 2021 num só dia – domingo passado – morreram mais de 1.400 golfinhos.