Sociedade

Detido por furto em dezembro foi notificado para abandonar Portugal mas continuava ilegalmente no país meses depois

Suspeito foi localizado em Beja. 


Um homem, de 22 anos, foi detido pela GNR, no concelho de Beja, por permanência ilegal em território nacional.

Segundo revela a GNR, num comunicado esta quinta-feira divulgado, os militares abordaram o suspeito no âmbito de uma ação de patrulhamento. O homem “já tinha sido detido anteriormente pela GNR em dezembro de 2020”, num processo por furto de combustível.

“No decorrer dessa detenção, o indivíduo foi notificado para abandonar o país, tendo agora sido novamente localizado”, informa a mesma nota.

A GNR estabeleceu contacto com o SEF, confirmando-se que o indivíduo permanecia ilegalmente em território português, “pelo que foi detido e constituído arguido”.

Após primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Beja, foram-lhe aplicadas as medidas de coação de apresentações semanais no SEF e início do processo de afastamento do território nacional.